Aos 90 anos morre Chuck Berry, um dos pioneiros do rock

Publicidade

0
Foto: ChuckBerry.com
Publicidade

Neste sábado (18) o cantor, compositor e guitarrista Chuck Berry foi encontrado sem vida, de acordo com fontes da polícia do estado de Missouri, nos Estados Unidos. Através de uma publicação no Facebook, o Departamento de Polícia de Saint Charles County confirmou a morte de Berry aos 90 anos de idade.

“Dentro da casa, os primeiros agentes a chegar perceberam um homem inconsciente e imediatamente empregaram técnicas de primeiros socorros. Infelizmente, o homem de 90 anos não pôde ser ressuscitado e foi declarado morto às 13h26”, informava a publicação da polícia, que também confirmou a morte de Charles Edward Anderson Berry Sr., “mais conhecido como o lendário músico Chuck Berry”. O post diz ainda que a família do artista pede privacidade neste momento de luto.

O músico é considerado um dos mais influentes de todos os tempos. Chuck é um dos grandes pioneiros do “rock and roll”. Sucessos como “Johnny B. Goode”, “Maybellene” e “Roll Over Beethoven”, ajudou a desenvolver o gênero e adicionou seus traços mais característicos na década de 1950 com letras com foco na vida dos adolescentes, no momento, solos de guitarra e performances no palco que, acabou influenciando vários cantores de rock no mundo todo.

O cantor havia anunciado a intenção de lançar em 2017 o álbum “Chuck”, o primeiro desde “Rock It”, lançado em 1979. O disco contou com a participação dos filhos e foi dedicado a sua esposa de 58 anos, Thelmetta. “Este disco é dedicado à minha amada Toddy”, disse Berry. “Minha querida, estou ficando velho! Eu trabalhei neste registro por um longo tempo. Agora posso pendurar minhas chuteiras!”, concluiu dando a entender que este seria seu último trabalho.

Publicidade
Compartilhar