Com crise na Band, “Pânico” sonda o SBT

Publicidade

0
Publicidade

Os recentes cortes de gastos promovidos pela Bandeirantes deixou a equipe do “Pânico” em alerta. De acordo com a jornalista Keila Jimenez, da coluna Outro Canal, o dono da Rádio Jovem Pan e empresário do “Pânico”, Tutinha, se reuniu com o apresentador Danilo Gentilli, do SBT, em um almoço na semana passada.

A intenção do encontro, segundo a jornalista, seria acertar um possível programa para Gentilli na rádio e o fato de Tutinha está sondando o terreno na emissora de Silvio Santos, caso as coisas na Band não melhorem e o “Pânico” tenha de sair.

Crise

Após tirar o “Agora É Tarde” do ar, a Band confirmou a saída de Luiz Bacci do programa “Café com Jornal”. Bacci acabou acertando seu retorno à Record. O “Café com Jornal” volta a ter apenas uma edição, com Aline Midlej e Luiz Megale.

Bacci quebrou um compromisso com a Record em maio no ano passado e assinou contrato de quatro anos com a Bandeirantes, dizendo que estava realizando um sonho. Estreou o “Tá na Tela”, em agosto, nas tardes, mas o novo programa do “menino de ouro” não se firmou e foi tirado do ar. O salário do apresentador na Band era cerca de R$ 300 mil por mês, três vezes mais que na Record. Ainda de acordo com Flávio Ricco, o enxugamento nas contas da Band vai extinguir programas e promover demissões na sua sede do Rio de Janeiro. Na praça carioca, “Os Donos da Bola” e “Brasil Urgente” acabam.

Publicidade
Compartilhar