Pensei, Digitei: Carta aberta a Silvio Santos

Publicidade

0

Senor Abravanel, vulgo Silvio Santos. 86 anos, casado, pai de 6 filhas. Atual dono da segunda maior emissora de televisão do Brasil, também, de uma fortuna estimada em 4 bilhões de reais, espalhados pelo Grupo Silvio Santos. Um dos maiores comunicadores que o mundo já conheceu. Versátil, autêntico, guerreiro, corajoso, audacioso, ambicioso, simpático e, às vezes, louco.

Estou aqui, acima de tudo, não para falar do ‘Homem do Baú’, o maior apresentador do nosso país e, sim, do homem por trás dele: o ‘diretor de TV e programação’.

Não é mistério para todos e nem segredo que Silvio, além de apresentar os programas de sua emissora, também, cuida de cada um. Acompanha os números de audiência em tempo real, bom, até aí, tudo bem. Há não ser pelos ‘pitacos’ à mais na programação do SBT que resultam em um verdadeiro desastre.

De uns tempos pra cá, a situação lá pelos lados da Anhanguera está vexatória demais. Ninguém tem controle do que ocorre. Um tira e põe de programa. Decisões erradas, em tempos difíceis, de falta de esperança e paciência.

Ultimamente tem ‘jornalista’ mimado à leite e cheirando a talco se achando o tal. Pra começo de conversa, pra ser jornalista tem que frequentar a faculdade de Jornalismo por 4 anos, né? Acho que ser jornalista não é ir na porta do Salão do Jassa, implorar por emprego, ou então, encerrar um telejornal na segunda maior emissora do país em audiência ‘sarrando’ o funk ‘Deu Onda’? Vamos rever os conceitos, Silvio! Valorize as ‘jóias raras’ e premiadas do jornalismo do SBT. Não se encerra um jornal matinal mandando uma ‘sarrada’ como um simples: ‘Bom Dia e até mais’. É de total vergonha levar isso ao ar. Um tapa na cara dos profissionais do SBT todas as manhãs.

Sem contar com o decreto do fim do ‘Domingo Legal’. Há mais de 24 anos no ar, levando emoção, diversão e entretenimento que o brasileiro gosta de ver. Silvio Santos entrou no meio e fez do tradicional programa dos domingos uma verdadeira bagunça. Mexeu, mexeu e mexeu e nada fez. Tirou o consagrado Magrão da direção do mesmo para nada. Palco de consagradas feras da música mundial como Shakira, Laura Pausini, Mariah Carey e, até mesmo os eternos Mamonas Assassinas, entre outros grandes nomes, onde hoje em dia não passa de um simples programa que ‘apanha feio’ para a desgraça alheia da concorrência onde insiste, todo domingo, enfiar tragédia ao povo desse Brasil sofrido.

O SBT de hoje não é nem um pouco aquele SBT de antes. Como diretor de TV e programação, Silvio, você é o maior apresentador do mundo. E tenho dito. No palco a sua luz brilha, irradia. Você é insubstituível. Você é único. Mas, atrás das câmeras, você é o pior do ramo.

Pare! Chega! Já deu! Não mexa mais na grade do SBT. Deixe isso pra quem sabe e entende. Profissional não falta no SBT. Todos sabemos. Aproveite mais a vida ao lado de sua família. Continue aos domingos nos alegrando. Mas, não continue nos entristecendo com suas loucuras e mudanças na grade dessa emissora tão querida por todos os brasileiros.

Reveja seus conceitos, há muito o que fazer, Silvio Santos. O SBT pede socorro de tuas mãos.

As opiniões aqui retratadas não refletem necessariamente a posição do N10 Entretenimento, e são de TOTAL responsabilidade de seu idealizador.

Allan Santos
Facebook: Allan Santos
Twitter@oallanzinho
E-mail: [email protected]

Compartilhar
Blogueiro e Crítico de TV desde meados de 2009. Reconhecido à nível nacional por minha crítica no Portal Comunique-se, referência para os jornalistas do país. Dedicando-se sempre ao entretenimento e, principalmente, a total credibilidade do gênero televisivo e afins.