Cuca, do Sítio do Pica-Pau Amarelo, vira meme internacional; entenda

Publicidade

0
Cuca
Cuca é sucesso internacional (Foto: Reprodução)

Não. Essa notícia não é sensacionalista e muito menos falsa. Sabe-se que o Brasil é um grande exportador de nada mais, nada menos do que memes. Devido a uma segunda adaptação de “Sítio do Pica-Pau Amarelo“, de Monteiro Lobato, pela Globo, a personagem Cuca tem feito sucesso mundo afora depois que os gringos encontraram imagens da personagem do folclore na web. Há quem a consagre como ícone do movimento LGBTQ (vale lembrar que junho é o mês de orgulho à causa).

Tudo começou quando uma usuária do Twitter fez a seguinte publicação: “I just saved so many gifs of this crocodile” (“salvei muitos GIFs deste crocodilo”).  Até aí “tudo bem”.

Depois os simpatizantes ao movimento LGBTQ disseram que ela pegou o posto de Babadook, ícone da semana passada, por ser uma jacaré em forma de drag queen.

Traduzindo a postagem: “Cuca é uma personagem brasileira tipo o bicho-papão. Você sabe que este é um país maravilhoso quando o bicho-papão é uma jacaré drag queen”.

Teve até usuário que afirmou passar a noite fazendo memes da personagem Cuca. É mole? É claro que o caso poderia gerar polêmica – afinal o que não gera? Teve gente que falou de intolerância religiosa já que alguns personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo a consideravam como bruxa. Teve também quem falou sobre a sexualização da versão mais recente da vilã – que tem um vestido vermelho e uma piruca loira estilo Nicki Minaj (confira abaixo vídeos da antiga e mais recente Cuca do Sítio).

O fato é que o negóciok foi sucesso MESMO. Até Natasha Lyonne, isso mesmo, a Nick de Orange Is The New Black, publicou uma imagem da vilã.

🤘🏽

A post shared by Natasha Lyonne (@nlyonne) on

Tem até usuário que tá cheio dos memes de Cuca no celular.

Se você acompanhou o sucesso de Cuca logo aqui no Brasil e sabe mais do que ninguém de suas travessuras, relembre nos vídeos abaixo momentos da personagem durante “Sítio do Pica-Pau Amarelo”.

Veja, também, como era a personagem nos anos 70. Mudança grande, né!

Compartilhar