Cúmplices de Um Resgate, quinta-feira dia 07/01/2016: As crianças vão parar na mata

Publicidade

0

Resumo da novela Cúmplices de Um Resgate, quinta-feira dia 07/01/2016 – Capítulo 114

Priscila liga para o avô e pede autorização para passar a noite na casa de Regina. Fortunado permite, pois Priscila insiste muito. Enquanto isso, as crianças descem do trem e vão até uma loja, mas Felipe cai e bagunça o estabelecimento. Acabam expulsos. Isabela se atenta para tentar falar como Manuela. Meire e Dinho continuam seguindo eles e observando tudo de longe. Rebeca vai para o vilarejo para dar apoio para Helena e Pedro. Otávio fica enciumado, mas entende a situação. Lurdinha diz para Frederico que os dois não podem ter um relacionamento, pois ele não é um homem de Deus.

Frederico fica pensativo e decide que será um “crente” para atrair ela. As crianças vão parar na mata ao notarem que estão sendo seguidas. Meire e Dinho os perdem de vista, mas continuam tentando ir atrás das crianças. O pastor avisa as crianças do vilarejo que os ensaios da peça estão suspensos até que Dóris, Téo e Mateus reapareçam. Navarro e Vargas descobrem pistas sobre o paradeiro das crianças e também entram na mata que leva até o Vilarejo dos Sonhos. Anoitece e as crianças montam as barracas. Mateus e Joaquim conseguem fazer uma fogueira. Priscila se encanta com as roupas de Isabela e chama até Regina de mãe. “Deve ser muito legal ser você”, diz para Manuela, que finge ser Isabela. Priscila chora, diz que sente inveja dela e que possui uma mãe (Safira) que nem liga para ela. Mateus conta uma história de terror e assusta a todos. Aparece uma cobra dentro da barraca das crianças e todos gritam. Frederico aparece vestido de terno e segurando a Bíblia Sagrada. Lurdinha estranha.

Compartilhar