Disparada do SBT mostra ignorância dos diretores da Record

Publicidade

0

Não existe coisa pior do que alguém ter armas poderosas nas mãos e não saber usá-las.

Esta é a situação da Record, que assumiu a vice-liderança em 2007, ultrapassando o SBT. Chegou até a distanciar-se da emissora nos dois anos seguintes, mas em 2010 já voltou a ver a TV de Silvio Santos no retrovisor.

Não demorou muito. Em meados de 2014 a rede de Edir Macedo voltou ao terceiro lugar. E o pior: gastando muito mais que o SBT. A disparada do Sistema Brasileiro de Televisão mostra quão ignorantes são os diretores da Record, uma emissora com uma capacidade altíssima de investimento, devido ao seu alto faturamento anual, muito superior ao da concorrente, inclusive, mas que não sabe usar isso para alavancar sua audiência.

Enquanto Record depende de Marcelo Rezende e a caríssima novela Os Dez Mandamentos, o SBT garante o segundo lugar com desenhos de manhã, reprises de novelas mexicanas a tarde, mais reprise a noite, e uma única novela inédita. Chega a ser piada!

Se houvesse na Record alguém que realmente entendesse de TV e tivesse pulso firme, a direção artística da emissora já teria sido trocada faz tempo…

Por: Osmar Teixeira

Compartilhar