Documentário sobre Janis Joplin é apresentado em Veneza

Publicidade

0

(ANSA) – A cantora norte-americana Janis Joplin foi homenageada na 72ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza com a projeção do mais novo documentário sobre ela, “Janis: Little Girl Blue”. O filme, dirigido pela cineasta Amy Berg e narrado pela cantora Cat Power, estreou no último sábado, dia 5, na mostra “Horizontes” do festival, e agradou a público e fãs, que acreditam que este seja o melhor trabalho cinematográfico já feito sobre Joplin.

A película narra a vida da cantora desde sua infância e analisa sua transformação de artista local em uma estrela de grandes festivais e que se tornou um ícone para milhares de mulheres da década de 1960. Além de cenas e vídeos de Woodstock, o longa inclui trechos de shows da artista, como as apresentações de “Cry Baby” e “Piece of My Heart”, e cartas escritas pela própria Joplin a familiares, amigos e até amores.

A cantora ainda aparece no documentário falando sobre paz e amor e consumindo drogas ilícitas, o que causou sua morte – por uma overdose de heroína -, no dia 4 de outubro 1970, quando ela tinha apenas 27 anos.

Compartilhar