Filhas de B.B. King afirmam que ele foi envenenado

Publicidade

0
Publicidade

(ANSA) – A filhas da lenda do blues B.B. King, morto no último dia 14 de maio, em Las Vegas, afirmaram que seu pai foi envenenado. Segundo um documento divulgado pela agência de notícias “Associated Press”, Karen Williams e Patty King acusam duas pessoas próximas ao músico de tê-lo contaminado: a empresária do guitarrista, LaVerne Toney, e seu assistente pessoal, Myron Johnson.

O tenente da polícia de Las Vegas, Ray Steiber, disse que a afirmação já está sendo investigada e que os resultados de uma autópsia realizada no último domingo (24) ficarão prontos em oito semanas. B.B. King faleceu na noite de 14 de maio, aos 89 anos. Em abril, o artista chegou a ficar quatro dias internado devido a uma desidratação causada por complicações de uma diabete tipo 2.

Publicidade
Compartilhar