James Horner, compositor da trilha sonora de ‘Titanic’, morre em acidente de avião nos EUA

Publicidade

0

(ANSA) – O compositor norte-americano James Horner, 61 anos, morreu nesta segunda-feira (22) após o monomotor que pilotava sofrer um acidente. A confirmação da morte do musicista foi dada hoje (23) por sua assistente pessoal, Sylvia Patrycja, à revista “Hollywood Reporter”.

“Perdemos uma pessoa extraordinária, com um coração enorme e um talento incrível. Morreu fazendo o que amava. Obrigada pelo seu apoio e amor, nos vemos ao longo do caminho”, escreveu Patrycja em seu Facebook. O pequeno avião caiu na região do Bosque Nacional de Los Padres, que fica a 96 quilômetros de Santa Bárbara, na Califórnia. A Administração Federal de Aviação (FAA) confirmou a queda da aeronave e a morte do piloto. As causas do incidente estão sendo investigadas.

Horner, que recebeu 10 indicações ao Oscar, levou duas estatuetas pela trilha sonora do filme “Titanic” – incluindo a da canção “My Heart Will Go On”, interpretada por Celine Dion. Além do clássico, ele foi o responsável pelas trilhas de “Apollo 13”, “Uma mente brilhante”, “Aliens, o Resgate”, “Coração Valente” e “Avatar”. Ao longo de sua carreira, ele também foi o autor das músicas dos filmes “Jornada nas Estrelas II”, “A Máscara de Zorro”, “Jumanji”, “Lendas da Paixão” e o “Espetacular Homem Aranha”.

Compartilhar