Pensei, Digitei: ‘Tá no Ar: a TV na TV’ é a genialidade que faltava no humor da Rede Globo

Publicidade

0
Publicidade

Já se passaram 4 temporadas e o humorístico de Marcelo Adnet e Marcius Melhem continua fazendo o maior sucesso na tela da emissora carioca. Tá no Ar: a TV na TV é o humor abusado, inteligente e, acima de tudo, bem crítico.

O programa passa por todas as emissoras, desde RedeTV! até mesmo a própria Rede Globo. Um mix de tudo que há na TV Aberta Brasileira. A edição cuidadosa do programa, o roteiro, cenários, caracterização merecem uma salva de palmas. O sucesso do programa já começa por aí!

Marcelo Adnet desde seus tempos áureos de MTV já mostrava muito talento com muito pouco recurso disponível. Agora, então, contratado da Globo, faz e acontece ao lado de gênios, como Marcius Melhem, onde dividem os cuidados de todo o programa. Dupla sensacional.

‘Ta no Ar’ foi a reviravolta no humor da Globo. Fez a emissora vir à relevância novamente. Antes, qualquer humorístico da casa era visto como qualquer coisa à mais na TV. Sem comentários grandiosos na mídia e afins. Hoje, o fato é outro.

A mudança, digamos, linha editorial humorística da emissora, coube principalmente à dupla Mauricio Farias e Marcius Melhem, criadores do ‘Zorra’ e do ‘Tá No Ar’.

Farias, diretor de núcleo na emissora, é responsável por sucessos como ‘A Grande Família’ e ‘Tapas e Beijos’.

Melhem, jornalista de formação, entrou na Globo como ator, participou de novelas e séries, fez ‘Os Caras de Pau’ e foi redator do antigo ‘Zorra Total’.

Há quatro anos, começaram a se reunir para pensar projetos e a fazer uma reflexão sobre o que estavam produzindo ali. “Havia a sensação de que a Globo, de alguma maneira, criou um mundo para ela. Não só na dramaturgia, mas também no humor. E era limitado, não só por questões comerciais, mas de diversas ordens”, disse Farias à Folha de S. Paulo.

Nessas reuniões, segundo o diretor, eles chegaram à conclusão de que “existia um certo bom comportamento” nos programas da casa que não ‘batia’ com a realidade.

“Parecia que a gente estava num mundo de fantasia. O mundo hoje é muito mais caótico, desajustado e poluído de informações.” Ali, Farias conta, houve um entendimento de que “estávamos nos desconectando do público, hoje com acesso a tudo, a toda informação”.

Publicidade

E, assim, nasceu toda a genialidade do programa. Humor interessante que se renova a cada episódio, toda temporada. Vida longa ao ‘Tá no Ar: a TV na TV’

As opiniões aqui retratadas não refletem necessariamente a posição do N10 Entretenimento, e são de TOTAL responsabilidade de seu idealizador.

Allan Santos
Facebook: Allan Santos
Twitter@oallanzinho
E-mail: [email protected]

Publicidade
Compartilhar
Blogueiro e Crítico de TV desde meados de 2009. Reconhecido à nível nacional por minha crítica no Portal Comunique-se, referência para os jornalistas do país. Dedicando-se sempre ao entretenimento e, principalmente, a total credibilidade do gênero televisivo e afins.