Rei Davi, terça-feira dia 15/12/2015: Aitofel afirma que Davi é o ungido de Deus e, por isso, deve ser o novo rei de Israel

Publicidade

0

Resumo da novela Rei Davi, terça-feira dia 15/12/2015 – Capítulo 22

O cavalo passa em cima das pernas de Mefibosete, que grita de dor. Eles se escondem antes que o soldado volte, fazendo de tudo para não serem ouvidos. O menino chora e desmaia de tanta dor. O soldado volta ao acampamento. Aitofel entrega a Davi a coroa e o bracelete de Saul. Ele conta que Jonatas e o rei estão mortos. Davi ordena que todos saiam de sua tenda. Ele cai de joelhos e chora. Ziba é roubado por egípcio e perde toda a riqueza que roubou. Aquis comemora a vitória sobre os hebreus com seus príncipes. Abner diz ao povo de Gibeá que Saul está morto por causa de Davi. Mical é a única que não apoia Abner. Ele diz que Esbaal deve ser o novo rei, mas o povo não se manifesta. Tirsa está sozinha com Mefibosete desacordado, sem água e comida. Ela pede a ajuda de Deus e chora desesperada. Davi deixa Ziclague com seus homens sem se despedir de Aquis. Abner apresenta Judite, uma bela moça, a Rispa como sua esposa. Ela sai desconcertada e Abner parece não ligar. Mical diz a Paltiel que nunca será dele. Abner diz a Rispa que seu casamento com Judite é uma aliança política. Rispa não acredita nele. Aquis se sente humilhado e traído ao saber que Davi deixou Ziclague sem avisá-lo. Abner discursa para a população defendendo que Esbaal assuma o trono. Davi chega e chama a atenção de todos.

Aitofel afirma que Davi é o ungido de Deus e, por isso, deve ser o novo rei de Israel. Mical corre até Davi e diz que ele precisa dela para reunir as tribos de Israel. Paltiel chega e segura pelo braço. Davi assente com a cabeça e sai. Sozinho com seus homens, ele pede que ninguém faça mal a Esbaal. Um ancião líder de Judá pede para conversar a sós com Davi. Bate-Seba toma coragem e diz a Urias que ele se afasta demais após as batalhas. Ele diz ser um guerreiro de Davi. O Ancião diz que não aceita a decisão de Abner e pede que Davi reine sobre a tribo de Judá. Ele aceita, humilde. Abner, Paltiel e Esbaal descobrem sobre Judá e ficam preocupados, pois essa é uma das tribos mais importantes. Mesmo contra a vontade de Davi, os reinos de Judá e Israel lutam entre si. Davi agora tem nove esposas e Amnon, seu primeiro filho, nasce. Depois nascem Absalão e Tamar, filhos de Maaca. Com o tempo, o reino de Davi prospera enquanto a casa de Saul enfraquece. Esbaal não tem uma postura de rei e costuma beber muito nas festas. Os anciões começam a se revoltar e se retiram de uma festa em que Esbaal está bêbado demais. Alguns soldados também se revoltam e deixam a festa. Abner não se conforma e deixa o rei agarrando suas servas. Davi aumenta seu apoio entre as tribos de Israel. Urias e Aitofel conspiram para tentar tirar Esbaal do trono. Mefibosete pede esmola na rua e é roubado. Tirsa corre atrás do ladrão e para sua surpresa, é Ziba, que também se surpreende. A mando de Aitofel, Eliã vai conversar com Abner, que está irritado com sua presença. Ele tenta convencer Abner de que é mais interessante estar ao lado de Davi.

Compartilhar