A volta do Disco de Vinil

Publicidade

0
Publicidade

Criado em 1948 pelo engenheiro Peter Carl Goldmark, o disco de vinil surgiu para substituir os discos de goma-laca. O vinil reinou na indústria musical por décadas, mas com o aparecimento do Compact Disc (CD) no final da década de 1990, o vinil se tornou ultrapassado. Hoje, 20 anos depois, o Disco de Vinil ganha cada vez mais espaço no circuito da música. O crescimento na procura de vinis na Europa e nos EUA é enorme e várias gravadoras estão aderindo a ideia de relançar o chamado LP.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma pesquisa realizada pelo instituto de pesquisa Nielsen SoundScan aponta uma arrancada espetacular na venda de vinis. Em 2013 cerca de 6,1 milhões de discos foram vendidos, um número emblemático se comparado ao ano de 2007, no qual as vendas não passaram de um milhão.
As razões para a volta do LP são infinitas. Vão desde a satisfação no “ritual” para se ouvir até no cuidado necessário na arrumação dos discos. Fato é que eles voltaram mais em alta do que nunca. Os fãs do bom e velho vinil agradecem.

Publicidade
Compartilhar
Redator. Apaixonado por séries e música. Escreveu no N10 Entretenimento entre 19 de maio de 2016 e 23 de fevereiro de 2017.