Chamas da Vida, quinta-feira dia 17/12/2015: Manu diz que mentiu a Pedro porque estava com ciúmes de Antonio

Publicidade

0
Resumo da novela Chamas da Vida, quinta-feira dia 17/12/2015 – Capítulo 39
Manu diz que Pedro não tinha o direito de contar a Antônio que ela suspeita dele. Manu diz que mentiu a Pedro porque estava com ciúmes de Antonio. Guga repara que Miguel e Vilma se conhecem. Vilma diz que Guga não vai para o colégio interno, mas não quer que ele se envolva com Vivi. Manu discute com Antônio. Antônio não se conforma que Manu contou a Pedro que suspeita que ele tenha matado o seu pai. Antônio vai-se embora e diz que tudo entre eles acabou. Carolina pergunta a Beatriz se ela realmente quer entrar no grupo do ferro-velho. Beatriz irrita-se e diz que quer fazer um documentário sobre grupos marginais. Vilma manda Ricardo arranjar um guarda-costas para ficar com Guga. Junior trata mal Pedro. Pedro diz a Cazé que Junior agride-o porque acha que Eurico lhe dá mais atenção. Andressa diz ao director que Demoro não pode ser impedido de receber visitas. Tuquinha diz a Ivonete que Brito vai ter um programa de culinária na TV. Tuquinha fica com inveja.
Ivonete fica feliz em mostrar as suas receitas afrodisíacas, mas fica com raiva quando descobre que o convite do programa partiu de Carolina. Pedro diz a Eurico que alguém está a fazer incêndios em série. Junior diz a Eurico que contou sobre a placas de fênix a Cazé e a Guilherme. Eurico diz que quer Junior fora do quartel e que vai pedir baixa. Tomás diz a Vilma que Roberto namora com um travesti chamado Docinho. Vilma não acredita. Ricardo conta a Suelen e a Verônica que Roberto namora Docinho. Vilma diz a Walter que Roberto deve ser despedido. Walter diz que não tem nenhum motivo para o mandar embora. Roberto diz a Roseclair que o clima está estanho na fábrica. Vilma dá uma bofetada em Roberto e diz que ele está a sair com um travesti. Roberto diz que é boato e que vai provar isso. António rouba dinheiro da casa de Pedro e liga para um traficante.

Compartilhar

Deixe um comentário