Com processo no STJ, Benedito Ruy Barbosa busca “vingança” contra Silvio Santos

Publicidade

0

O autor da Rede Globo, Benedito Ruy Barbosa, torce para que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) lhe dê ganho de causa, em mais uma ação que move contra o SBT.

Tudo começou em 2008, quando o SBT resolveu exibir a novela ”Pantanal” da extinta Manchete, que foi escrita por Benedito. O autor então, inconformado com a reprise já que desejava fazer um remake da mesma na Globo, processou o ”Dono do Baú”.

Silvio Santos ganhou o caso várias vezes, já que alega ter comprado diretamente do espólio da falida TV Manchete, que era a real dona dos direitos da novela. Já Benedito alega que os direitos eram dele e que só poderiam ser negociados com seus representantes.

O processo ainda não terminou mas os três autores já teriam depositado em 2009, cerca de R$ 25 milhões em juízo. Dos bastidores saíram informações de que quem fez esse depósito, na verdade, foi a Globo, mas ao longo dos anos a emissora sempre negou isso.

Em 1998, apesar do processo judicial em andamento, Benedito foi até o SBT receber o troféu Imprensa de Melhor Novela, por “O Rei do Gado” (exibida dois anos antes). Foi recebido no palco por um Silvio Santos brincalhão e jocoso, que o apresentou assim:

“Ah, mas nós temos que bater muitas, mas muitas palmas para essa pessoa. Sem gozação! Agora vamos falar sério”, riu Silvio em um momento em que já era pública a briga entre ambos na Justiça (este colunista estava presente no corpo de jurados).

Benedito passou quase 5 minutos no palco mas, ao final, chegou a lacrimejar enquanto Silvio o cutucava por causa de sua desistência do contrato. Benedito praticamente se desculpou, mas Silvio continuou irônico e disse algo do tipo: “Sem problemas, a gente se vê por aí, nos tribunais”. Essas imagens nunca foram exibidas. A edição do Troféu Imprensa as retirou da montagem final que foi ao ar em 1998.
Mas o novelista Benedito nunca engoliu nem o processo e, aparentemente, nem o gracejo do ex “patrão” temporão.

Dependendo do que decidir sobre a reexibição de “Pantanal” pelo SBT em 2008, o STJ pode dar a Benedito alguma vingança para saborear.

Compartilhar

Deixe um comentário