Programação da TV Bernardo Vieira

Como Será? – 28/04/2018: Dia da Sogra

Como Será? – 28/04/2018: Dia da Sogra

No “Como Será?” deste sábado, dia 28/04, novas tecnologias digitais a serviço da proteção dos animais.

O programa presta homenagem àquelas que têm uma fama que não é das melhores: a sogra! No ‘Hoje é dia de…’, Alexandre Henderson corre atrás da origem do Dia da Sogra, comemorado em 28 de abril, e das curiosidades que estão em torno desta “celebração”.

O repórter apresenta histórias de sogras queridas, que se tornaram sócias de genros e noras e que ajudam financeiramente toda a família. De forma bem humorada, ele promove uma enquete para descobrir a razão da má fama, que inspira piadas e músicas, como as da dupla Caju e Castanha.

A internet das coisas – rede de objetos físicos, veículos e prédios que possuem tecnologia embarcada e são capazes de coletar e transmitir dados – já é uma realidade. O quadro ‘Expedição Digital’ mostra como esta evolução pode ser útil dentro de casa, para acompanhar os avanços da vida contemporânea e até reduzir gastos.

Renato Cunha visita um apartamento repleto destas novidades, como chave, geladeira, cafeteira e explica o funcionamento de cada um deles. No Centro de Robótica da USP São Carlos, o repórter explica algumas das tecnologias usadas nas casas inteligentes e demonstra uma invenção desenvolvida lá, ressaltando a importância do investimento em tecnologia brasileira.

A repórter Mariane Salerno explica como é o processo de aceleração de um negócio. Para isso, ela conta a trajetória de duas empresas. O Instituto Muda é um serviço de coleta de resíduos recicláveis em condomínios, que também oferece capacitação a funcionários e moradores para realizar uma separação adequada.

O Instituto recebeu investimento (capital de giro) de uma aceleradora que apoia negócios sociais. Para apresentar outro formato de aceleração, a repórter conversa com o professor e investidor, Pedro Waengertner, que investiu em transformações para “acelerar” um salão de beleza.

Em Joinville, pesquisadores brasileiros que participaram de uma expedição à Antártida contam como enfrentaram mar agitado e montanhas de gelo, mas conseguiram encontrar fósseis da vegetação que existia no local há cerca de 80 milhões de anos. Os vestígios da floresta viraram objetos de estudo destes pesquisadores.

O programa vai ao ar a partir das 07h na Globo.

Sobre o autor | Website

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.