Despacito é censurado na Malásia por ter “letra obscena”

Publicidade

0
despacito
Música não poderá ser reproduzida nas rádios e TVs estatais

(ANSA) – O governo da Malásia proibiu a execução do hit latino Despacito, dos cantores Luis Fonsi e Daddy Yankee, em emissoras de rádio e TVs estatais pela letra ter sido considerada “obscena”.

A censura veio após diversas denúncias apresentadas ao Ministério de Comunicações e da revisão da entidade sobre a letra, que optou pela censura. Apesar da medida valer apenas para emissoras controladas pelo Estado, o ministro Salleh Said Keruak pediu para que as empresas privadas também banam a canção de suas programações.

Já os serviços de streaming e vídeos, como Spotify e YouTube, poderão manter a música em suas listas.

Lançada há cerca de seis meses, Despacito tornou-se a canção mais ouvida em streaming da história, com 4,6 bilhões de plays, segundo informou nesta quinta-feira (19) a gravadora Universal.

Compartilhar

Deixe um comentário