Falta de conteúdo impede o Esporte Interativo de entrar nas principais operadoras de TV por assinatura do país

Publicidade

0

O grupo Turner, empresa mantenedora do canal Esporte Interativo não consegue resolver um problema antigo, e que até hoje assombra os executivos da companhia. Hoje, o canal detém os direitos de transmissão da Liga Dos Campeões da Europa no país, mas o problema é que o número de assinantes da TV paga que conseguem assistir o canal ainda é muito pequeno, cerca de 540 mil segundo projeções.

Segundo as principais operadoras de TV do país (Claro TV, SKY e NET), o principal motivo para o não carregamento do sinal do EI em seus line-ups é a falta de conteúdo que o canal apresenta em sua grade de programação. E o pior é que, em partes, elas estão certas. Afinal, além da Liga dos Campeões, o que mais de relevante o Esporte Interativo apresenta?

E o pior disso tudo é que quem paga a conta é o telespectador brasileiro, que vê a principal competição de futebol do mundo nas mãos de uma emissora praticamente irrelevante no cenário nacional.

Compartilhar

Deixe um comentário