Programação da TV Bernardo Vieira

Fantástico – 14/10/2018: novas histórias da série ‘Quem É Meu Pai?’

Fantástico – 14/10/2018: novas histórias da série ‘Quem É Meu Pai?’

No Fantástico deste domingo, 14 de outubro, traz novas histórias da série ‘Quem É Meu Pai?’.

Há pessoas que demoram anos para descobrir o que para a maioria é uma informação simples: o nome do próprio pai. Em alguns casos, é preciso recorrer à Justiça para preencher o espaço em branco na certidão de nascimento. A partir deste domingo, dia 14, o ‘Fantástico’ exibe novas histórias da série ‘Quem É Meu Pai?’.

O repórter Marcelo Canellas acompanha diversas famílias em emocionantes audiências de investigação de paternidade em Cuiabá, Salvador e Lages. No primeiro episódio, na serra catarinense, o repórter encontra Jéssica, de 22 anos, que nunca foi reconhecida pelo pai, apesar do resultado positivo do exame de DNA, feito ainda na infância. Pela primeira vez, pai e filha estarão frente a frente.

Na Bahia, Andreia, de 43 anos, é surpreendida por um pedido inusitado: o homem que ela acredita ser seu pai pede à justiça para reconhecê-la como filha. Já no segundo episódio da série ‘Planeta Azul’, o ‘Fantástico’ desembarca na Antártica para desbravar as profundezas do mar a bordo de um submarino feito com acrílico super resistente. Pela primeira vez, pesquisadores tentam chegar ao ponto mais baixo do oceano Antártico. Mas todo cuidado é pouco: qualquer pedaço de gelo que se desprenda de um iceberg pode colidir com o submarino.

Estranhos animais povoam a região, como o pirossomo, um ser gelatinoso com mais de dois metros de comprimento; o peixe olhos-de-barril, com cabeça transparente; as lulas de humboldt, caçadoras vorazes maiores que os humanos; e o peixe ogro, que impressiona pela dentição e tem sensores espalhados por todo o corpo, capazes de detectar qualquer ser vivo por perto.

Tudo isso e muito mais você pode conferir logo após o Domingão do Faustão, a partir das 21h, na TV Globo.

Sobre o autor | Website

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.