Globo Repórter – 20/04/2018: O lado “jovem e moderno” de Portugal

Publicidade

0
Imagem: Globo/ Estevam Avellar

O Globo Repórter desta sexta-feira, dia 20/04, mostra o lado “jovem e moderno” de Portugal

É cada vez mais comum ouvir histórias de famílias que estão trocando o Brasil por Portugal. Seja em busca de mais segurança ou de oportunidades, nunca tantos brasileiros fizeram o caminho inverso ao de Pedro Álvares Cabral. E não é só graças aos brasileiros, já que Portugal se transformou num dos destinos preferidos dos estrangeiros de maneira geral.

Essa é uma das conclusões da repórter Gloria Maria, em viagem ao país que está chamando a atenção de todo o mundo, que fala sobre a experiência no ‘Globo Repórter’ dessa sexta-feira, dia 20, o terceiro em comemoração aos 45 anos do programa, apresentado ao lado de Sérgio Chapelin. “Já fui muitas vezes a Portugal, mas agora fizemos um programa com um olhar diferente. Estamos mostrando um país mais moderno, jovem, intenso e vibrante, diferente do tradicional”, antecipa a repórter.

Com a equipe do ‘Globo Repórter’, Gloria visita a pequena Nazaré, cidade conhecida pelas ondas gigantes, que encanta visitantes e desafia os turistas. Encontra a surfista brasileira Maya Gabeira, que mora em Nazaré desde o ano passado, e viveu nessa praia dois momentos extremos: em 2013, sofreu um grave acidente depois de cair de uma onda de 20 metros e, cinco anos depois, surfou a melhor onda da sua vida, de pouco mais de 24 metros.

Gloria também mostra a beleza dos vinhedos às margens do rio Douro e o segredo do vinho do Porto, um dos mais apreciados do mundo. Revela a receita do pudim de azeite, um doce sedutor, dada pelo premiado chef José Avillez. E visita a cidade de Monsanto, formada em meio a grandes rochas. Ela ainda vai, no Porto, à livraria que inspirou as histórias do bruxo Harry Potter e mostra que Algarve é o melhor lugar do mundo para viver a aposentadoria.

O programa vai ao ar por volta das 22h20, logo após a novela “O Outro Lado do Paraíso“, na Globo.
Compartilhar
Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

Deixe um comentário