Luca Entrevista Autor

Luca Moreira entrevista Thaiane Soares da Linha Produções

Luca Moreira entrevista Thaiane Soares da Linha Produções

Fundadora da Linha Produções e responsável pela realização de projetos incríveis como a web série “Além de Alice”, a roteirista Thaiane Soares começou a desenvolver seu amor pela escrita ainda criança, quando escrevia poemas e letras de música. Um de seus costumes favoritos na época era o de pegar cenas aleatórias que passavam nas novelas e rescrever elas no papel enquanto aina aconteciam ao vivo.

A inspiração para fazer com que “Além de Alice” sai-se do papel e entra-se realmente em ação, foi a representatividade do LGBT na sociedade, com a vontade de produzir um projeto original de sua própria autoria. Venha conhecer um pouco mais sobre como nasceu a carreira de Thaiane e como surgiu uma das maiores séries LGBT da internet.

Como foi o começo como roteirista?

Eu quando era bem novinha eu escrevia uns poemas e letras de música. A minha família sempre teve o hábito de ver muita novela, e para entregar um pouquinho da minha idade eu vi Malhação estrear (risos). Por muito tempo acompanhei malhação quando jovem e uma coisa que eu gostava muito de fazer era pega uma cena da novela e começar a escrever a cena no papel ao vivo enquanto ela acontecia (risos).

Cabeça de criança é muito engraçada mesmo, mas eu acho que foi ali que esse amor começou.  Eu só fui escrever meu primeiro roteiro depois de grande quando já estudava câmera, mas ainda sim nada meu tinha saído do papel. Foi no início da faculdade em 2015 que eu comecei a aprender a escrever roteiro, escrevi uma série chama O Grimório da Bruxa com um colega, que no meio do percurso por problemas pessoais teve que sair do projeto. Eu continue com o projeto rescrevi o roteiro, vi na internet dicas de como fazer um roteiro, uma colega me deu umas dicas por e-mail e assim fui me aperfeiçoando. Infelizmente não consegui tirar essa série do papel por falta de grana e a partir dessa frustração criei Além de Alice e a Linha Produções.

O que inspirou a escrever Além de Alice?

Além da frustração de não ter consigo tirar a minha outra web série do papel. A minha inspiração para fazer Além de Alice veio da precariedade de representatividade LGBT nos meios de comunicação do Brasil, veio da vontade de produzir uma história minha e ver as pessoas se sentindo representadas por ela.

Como surgiu a Linha Produções?

A Linha Produções surgiu juntinho com Além de Alice.  Quando eu terminei de escrever o roteiro pensei, como vou produzir essa série? Convidei alguma amigos para fazer parte dessa produtora independente que eu estava querendo criar de forma colaborativa, pois não existia nenhum capital.

Cada um entraria com suas habilidades e com a vontade de fazer acontecer. Ao final das gravações da primeira temporada de sete pessoa que começaram comigo lá no início, no final só havia sobrado eu e a Anna. É muito difícil manter uma produtora sem nenhum capital.  Mais para frente próximo da estreia na internet, nós convidamos a Maria Clara para fazer parte da Linha Produções junto com a gente e um tempo depois a Anna comunicou que iria sair por motivos pessoais.  E atualmente na Linha Produções somos eu e Maria Clara de sócias.

Hoje em dia o tema LGBT está cada dia mais incluso no entretenimento audiovisual. Como enxerga a importância dessa inclusão como forma de conscientização sobre o assunto?

Acho importantíssimo pois contribui para aceitação da população. Mostra para a parte conservadora que os tempos mudaram e que você ter uma orientação sexual diferente, ou uma forma de vida diferente não torna ninguém anormal. Mostra que todos os seres humanos são diferentes e que cada um tem sua peculiaridade e isso é bom. Essa forma de representatividade que é dissemina pela internet que é um meio de comunicação de massa que uni o mundo pode vir a transformar as pessoas de uma forma muito positiva.

Sobre produção de série, como é trabalhar com Anna Diniz e Maria Clara Rolim?

Trabalhar com as meninas é maravilhoso. A gente se desentende, a gente se ama é uma relação de amor e ódio no set de gravação (risos). São duas profissionais incríveis, duas parceiras. Eu não consigo imaginar a Linha Produções sem essas duas lindas.

Como foi a experiência de produzir um produto especialmente para internet?

Na verdade a intenção sempre foi fazer conteúdo para internet. Por que era a única forma gratuita que a gente tinha para disseminar a série. Então eu já escrevi pensando nesse formato mesmo.

Sobre a escolha do perfil dos personagens, como foi esse processo de criação?

Bom nem para a primeira temporada e nem para a segunda existia um perfil pré-definido.  A gente simplesmente divulgava um anúncio nos grupos de atores e a gente ia vendo cada perfil que se candidatava e vendo o que combinava, vendo como era o trabalho de cada pessoa e assim a gente formou o primeiro elenco. Já na segunda temporada foi um pouquinho diferente a gente colocou atores que a gente já conhecia conhecia de outros trabalhos, mas muitos foram indicações da atriz Rebeca Figueiredo que faz a personagem da Olívia.

Como estão as expectativas para Magenta ?

As expectativas são as maiores possíveis. É uma série um pouco diferente das convencionais, é uma série que transborda amor. Que fala sobre a conexão de vidas, a conexão de almas do casal Nina e Manuela. Eu espero que vocês gostem muito dessa nova história que a gente vai contar para vocês.

Deixe uma mensagem.

Eu quero agradecer a você Luca pela linda entrevista, agradece a todos os fãs da série e do canal e queria dizer que sem os nosso fãs a gente realmente não seria nada, por que a gente produz conteúdo para eles. Quero agradecer muito todo esse carinho que a gente recebe todos os dias dos fãs. Quero que eles saibam que eu sou muito sortuda por ter pessoas tão incríveis me apoiando e gostando das histórias que eu escrevo.

Quero agradecer ao atores e toda equipe técnica que se dedicam para me ajudar a tirar do papel as histórias que inicialmente são minhas, pois são escritas por mim, mas no final de todo processo ela vira de todos, pois cada profissional envolvido deixa ali um pedaço da sua marca, da sua peculiaridade. E por fim, mas não menos importante, não desistam dos seus sonhos, tudo é possível, você só tem que buscar a maneira de conseguir realizar. Não vai ser fácil, vão aparecer muitos obstáculos e inúmeras vezes você vai pensar em desistir, mas quando isso acontecer lembre-se que não existe vitória sem luta e é só perseverando que se alcança o objetivo.

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.