Programação da TV Bernardo Vieira

Luciana By Night – 02/10/2018: João Gordo

Luciana By Night – 02/10/2018: João Gordo

No Luciana By Night deste terça-feira, 02 de outubro, Luciana Gimenez entrevista João Gordo.

Vocalista da banda de punk hardcore Ratos de Porão há 35 anos, ele relembra momentos marcantes ao longo de sua trajetória e comenta a recente turnê fez pela Ásia, ressaltando a quantidade de fãs no Japão. “Temos, pelo menos, uma meia dúzia de discos lançados lá e nunca tínhamos ido. Os ingressos venderam todos em 15 minutos. Três meses antes do show, deu sold out, pessoal completamente fanático”, celebra.

Ele comenta também alguns trechos da autobiografia ‘João Gordo: living la vida tosca’, lançada em 2016, e que traz episódios envolvendo a relação com o pai autoritário, depressão, problemas de autoestima e abuso de drogas. “Eu era um gordão doido, uma bomba relógio a ponto de ir para o inferno. Agora sou bem careta. Já faz um bom tempo que parei de fumar maconha. Fumei maconha durante 40 anos, cara!”, diz. “Tenho que dar bons exemplos”, complementa, citando a relação com os filhos Victória, de 14 anos e  Pietro, de 13. 

Proprietário e chef de um restaurante vegano, João Gordo está há 14 anos sem comer carne. “Bicho não se come”, declara.  “Para virar vegetariano e vegano você tem que pegar raiva e nojo, mas não fico tentando influenciar ninguém nem colocando o dedo na cara”, compartilha. 

Em 1996, João estreou como apresentador na MTV, onde permaneceu até 2009. Ele relembra a saída e dispara: “Puxaram meu tapete lá. Foi na hora que o [Marcelo] Adnet entrou, todos os holofotes se voltaram para ele e a gente, que era a cara da MTV, ficou de lado. Aí comecei a entrar em confronto com uma chefe nojenta lá e o Mion falou ‘vamos para a Record’. E eu falei ‘eu? Na Record? Fazer o que lá, os bagulhos de crente’. E ele me provou por A mais B que o Legendários ia ser foda”.

“Era muito popular para mim. Fiquei lá quatro anos com vergonha. Curto fazer umas coisas mais a minha cara. Para mim, o Legendários era um Sabadão Sertanejo, picante, gospel”, confessa. 

 Conhecido nacional e internacionalmente, João afirma ainda que já perdeu muitos fãs devido a falta de paciência com a popularidade. “Sempre me senti incomodado com a fama e o assédio. Tenho bode. Acho chato tirar foto e antigamente as pessoas não tinham uma máquina [fotográfica] na mão. Não gosto, acho besta”.

Tudo isso e muito mais você pode conferir logo após o TV Fama, começando a partir das 22h45, na RedeTV!.

Sobre o autor | Website

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.