Madonna diz que gostaria de tomar chá com o Papa

Publicidade

0

(ANSA) – A cantora norte-americana Madonna disse ter vontade de tomar um chá com o papa Francisco. Em entrevista à “Rolling Stone” dos Estados Unidos, a artista disse achar que o religioso é o tipo de pessoa com quem se pode “fazer piada e dar risada”.

“Eu vou declarar o óbvio e dizer que ele [Francisco] parece ser um indivíduo muito mais mente aberta [que os Papas anteriores], alguém que parece estar se distanciando dos dogmas que a Igreja Católica impôs desde a época de Constantino”, apontou.

Questionada se acha que o religioso gostaria de ir em uma apresentação sua, ela respondeu afirmativamente. “A mensagem do meu show é sobre o amor e essa é sua mensagem também”. A data do show da cantora na cidade norte-americana de Filadélfia, em meio a turnê “Rebel Heart”, quase coincidiu com a visita de Francisco, em setembro. Na ocasião, ele dedicou a canção “La Vie em Rose” ao Pontífice. Seu novo álbum, “Rebel Heart”, inclui músicas como “Devil’s Pray” e “Holy Water”, que fazem referência à Igreja Católica.

Compartilhar

Deixe um comentário