Márcio de Camillo estreia novo espetáculo Crianceiras com poesias de Mario Quintana

    Publicidade

    0
    Paulo Higa

    O cantor e compositor Márcio de Camillo estreia a nova versão do show musical CRIANCEIRAS, desta vez com poesias de Mario Quintana, dia 18 de março, no Sesc Pompeia.

    Dirigido por Luiz André Cherubini, do Grupo Sobrevento, o espetáculo “Crianceiras Mario Quintana – Poesias Musicadas Por Márcio de Camillo” vale-se, desta vez, de um cruzamento com o Teatro de Brinquedo ou Teatro de Papel, onde figuras bidimensionais de papelão formam o cenário desenhado pelo renomado designer e artista gráfico Carlo Giovani.

    Na montagem, o intérprete vê a sua casa e a sua cidadezinha serem invadidas por enormes edifícios até a chegada de outros três músicos que trazem consigo a primavera que terminará por “florir por sobre os muros”.

    Com figurinos de Sandra Vargas, do Grupo Sobrevento, o espetáculo “Crianceiras Mario Quintana – Poesias Musicadas Por Márcio de Camillo” começa com um homem, de terno cinza. O cenário vazio, aos poucos, ganha elementos também acinzentados, revelando uma pequena casa em uma cidadezinha do interior, que vai sendo transformada pela urbanização e pelo surgimento de edifícios. Pessoas com diferentes estilos, em trajes coloridos, vão revelando ao cantor a diversidade da vida, de sons, de cores e de gostos e vão trazendo a festa, a celebração da multiplicidade e a própria primavera – com suas cores vibrantes, sua alegria e sua esperança.

    A iluminação do espetáculo é do premiado iluminador carioca Renato Machado, com operação de luz de Camila Jordão. Completam a equipe do espetáculo Roberta Siviero na técnica de som; Paulo Higa e Agnaldo Souza na cenotécnica; Luara Bolandini na assistência de direção; Marcelo Amaral e Vinicius Soares na assessoria técnica.

    O show traz Márcio de Camillo, na voz, violão e viola caipira; Nath Calan, na percussão e bateria; Tiago Sormani, no teclado, sanfona, flauta e clarinete; Denise Ferrari, no violoncelo; Paulo Higa e Luara Bolandini, contrarregras. Todos cantam e formam coros que acompanham os diversos ritmos (valsa, forró, jazz, rock, entre outros) que compõem o espetáculo.

    O espetáculo é produzido pela Criatto Produções, sob a direção de produção de Izabella Maggi.

    Mini Bio do autor

    Nascido em São Paulo e criado no Mato Grosso do Sul, Márcio De Camillo destaca-se no cenário nacional, em projetos que unem Arte e Educação, por meio da música. Seja como intérprete, compositor ou diretor musical, cria e desenvolve projetos que promovem a poesia, a música sul-mato-grossense e a MPB. Destacam-se os projetos “Gerações” (2006), “Violas do Brasil” (2004), “Música do Brasil Central” (2011) e “Crianceiras” (2011/2015).  Ao longo de seus 20 anos de carreira, Márcio lançou oito CDs e um DVD, gravado ao vivo.

    Sobre o projeto

    CRIANCEIRAS é um projeto de musicalização para crianças, idealizado pelo compositor Marcio De Camillo a partir da obra de grandes poetas brasileiros, que parte da gravação de um CD, para constituir um show musical, incorporando elementos teatrais.

    A primeira edição homenageava Manoel de Barros, que além do CD, ganhou versão para TV, como videoclipes de animação, e um aplicativo para tablet e celular. O espetáculo, em cartaz desde 2012, já alcançou a marca de 350 showsapresentados pelo Brasil.

    Com forte apelo educativo, os CDs Crianceiras Manoel de Barros e Crianceiras Mario Quintana são utilizados nas escolas como material didático, para aproximar as crianças e a poesia, de forma lúdica e criativa, enquanto o espetáculo abre agenda para sessões exclusivas às escolas (em 2016, apresentou-se para nada menos que 76 mil estudantes da educação infantil e ensino fundamental da rede pública de São Bernardo do Campo).

    O CD CRIANCEIRAS foi indicado para o Prêmio da Música Brasileira em 2012 (CRIANCEIRAS MANOEL DE BARROS) e em 2016 (CRIANCEIRAS MARIO QUINTANA), na categoria de Melhor Álbum Infantil.

    Compartilhar

    Deixe um comentário