Programação da TV Bernardo Vieira

Mariana Godoy Entrevista – 12/10/2018: Otávio Mesquita e Sabrina Parlatore

Mariana Godoy Entrevista – 12/10/2018: Otávio Mesquita e Sabrina Parlatore

No Mariana Godoy Entrevista desta sexta-feira, 12 de outubro, Mariana Godoy recebe Otávio Mesquita e Sabrina Parlatore.

Durante bate-papo, Otávio Mesquita revela que chegou a flertar com a possibilidade de se candidatar a deputado federal, mas acabou desistindo. “Procurei partidos, conversei com pessoas. (…) Não sou um cara milionário, bilionário, vivo do meu trabalho, como vou deixar a TV que felizmente tenho uma rentabilidade boa, para ir para a política ganhar menos?”, explica ele, que ainda expõe outro grande motivo para a decisão: “Fui informado de que ‘ah, não se preocupe que esses três meses que você vai ter que sair do ar’ eu viveria do famoso fundo partidário.

‘A gente banca você’. Aí eu te pergunto, como vou iniciar minha carreira política usando o chamado fundo partidário, que não é ilegal, mas é imoral? Como vou começar minha carreira usando esse dinheiro para me bancar e o SUS quebrado, saúde, educação, tudo quebrado?”.

Apaixonado pelo mundo televisivo, o apresentador do SBT opina sobre a ascensão do mundo digital e afirma que a televisão não vai acabar. “Guardada as devidas proporções, a gente vê a história do rádio, o que ele era quando começou a TV? Diziam que o rádio iria acabar. A televisão não vai acabar, por mais que a gente entenda que o digital é muito importante e é fato isso, mas ela não vai acabar”, pontua.

Ainda no programa, Mariana Godoy conversa com Sabrina Parlatore, que fala sobre sua carreira como cantora e classifica a nova trajetória como um “ato de coragem”, embora tenha contato com o mundo musical desde pequena. “Principalmente para as pessoas que me conheceram por outra atividade, fiquei com receio delas terem um preconceito em relação a isso. Mas acho que quando a gente faz algo com verdade e essa é a nossa essência, as pessoas percebem”, diz.

Sobre ter enfrentado um câncer de mama, ela afirma que a doença a fez despertar para seus desejos e sonhos e se emociona: “Primeiro show que fiz foi no fim de 2014 e descobri o câncer em maio de 2015. Tive que parar com tudo ali, passar por todo um tratamento fortíssimo e é claro que quando você passa por um momento difícil você para para pensar na sua vida como um todo. (…) Cantar faz parte da minha essência e eu nunca acreditei nisso, a gente se auto-sabota, não tem fé no que pode fazer, então a doença com certeza me trouxe muita coragem. Quando você está num momento muito frágil, você adquire forças que te deixam mais poderosa. Você quer colocar seu desejos e sonhos para fora, em prática”.

Em processo de gravação de seu primeiro disco, Sabrina gosta de ritmos como jazz, MPB, bossa nova, blues, folk, country e considera o estágio em que está a parte mais complicada: criar sua identidade musical. “Estou colhendo músicas de compositores, ouvindo muito coisa e para mim a escolha de repertório é difícil. Sou muito criteriosa, chata”, compartilha ela, que ainda canta algumas canções no palco da atração.

Tudo isso e muito mais você pode conferir logo após o Documento Verdade, começando a partir das 23h, na RedeTV!.

Sobre o autor | Website

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.