OPINIÃO: SBT se aproveita da baixa qualidade do “É de Casa”

Publicidade

0

Recentemente, a Rede Globo estreou sua mais nova aposta para as manhãs de sábado. O programa “É de Casa”, apresentado num sistema de rodízio de apresentadores. A ideia é até louvável, mas o que deixa este redator indignado é a distância do programa para com o seu telespectador. André Marques, quem vai parar seus afazeres para ver você cozinhando legumes e fazendo um prato “gourmet” para seu cachorro? Meu poupe, né?

Para se adequar e decolar na audiência, o programa precisa ser reinventado. É necessário parar de ficar mostrando como são as casas dos outros e aproximar mais as pautas da realidade das donas de casa que os assistem. Enquanto isso, quem faz a farra são os desenhos do SBT que, mesmo ultrapassados, são mais gostosos de assistir do que um programa totalmente forçado e longe da realidade do povo brasileiro.

Compartilhar

Deixe um comentário