Programação da TV João Pedro

Programa Bem Estar 26/01/2018 – Febre Amarela

Programa Bem Estar 26/01/2018 – Febre Amarela

No Bem Estar desta sexta-feira, dia 26./01/2018, tirou dúvidas sobre febre amarela.O que é dose fracionada? Quem pode se vacinar? Quem não pode? Veja as respostas.

Bem Estar tira dúvidas sobre febre amarela

Começou no dia 25 de janeiro uma mega vacinação com dose fracionada em São Paulo e no Rio de Janeiro. A ideia é imunizar cerca de 20 milhões de moradores de 69 cidades em áreas que não têm o vírus da febre amarela circulando. São regiões onde muita gente não foi vacinada.

A Bahia fará uma vacinação igual em março. Na capital paulista são 20 distritos das zonas sul e leste. Aos poucos, outros distritos serão convocados, como os da região central e bairros nobres. O Ministério da Saúde quer criar uma espécie de cinturão (um bloqueio) para impedir a chegada do vírus.

Febre amarela: especialistas explicaram o que é a dose fracionada.

Para tirar as dúvidas, o Bem Estar convidou a coordenadora do Programa de Imunizações do Ministério da Saúde Carla Domingues e o infectologista Renato Kfouri.

Distritos de SP com recomendação de vacinação fracionada: Jabaquara, Cidade Ademar, Sacomã, Cursino, Cidade Líder, Cidade Tiradentes, Guaianases, Iguatemi, José Bonifácio, Parque do Carmo, São Mateus, São Rafael, Capão Redondo, Cidade Dutra, Grajaú, Jardim São Luís, Pedreira, Socorro, Campo Limpo e Vila Andrade.

Bloqueio com dose fracionada para moradores no estado do Rio: Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João do Meriti e Seropédica.

Dose fracionada: foi adotada para se poder atender o maior número de pessoas com as doses disponíveis, pois essa vacina tem poucos fabricantes no mundo porque é uma produção complexa, um deles o governo brasileiro. A OMS afirma que estudos mostraram que ela protege tanto quanto a dose inteira, com a mesma qualidade. A única diferença é que a duração é menor.

Quem deve perguntar ao serviço de saúde antes de tomar a vacina?

  • Gestantes
  • Mulheres que estão amamentando
  • Idosos
  • Pessoas que vivem com o HIV
  • Pessoas que terminaram o tratamento de quimioterapia e radioterapia
  • Pessoas com doenças do sangue, como anemia falciforme

Não pode tomar a vacina de jeito nenhum

  • Crianças menores de 6 meses
  • Pessoas que estejam fazendo agora quimioterapia e radioterapia
  • Pessoas com alergia a ovo
  • Pessoas que vivem com HIV e têm contagem de células CD4 menor do que 350
  • Pessoas com doenças ativas ou condições que diminuem as defesas do corpo (por exemplo, pessoa transplantada tomando drogas para diminuir rejeição)

Bem Estar

Apresentado por Mariana Ferrão e Fernando Rocha nas manhãs de segunda a sexta, o programa tem a participação fixa de médicos e de especialistas das mais diversas áreas.

O programa vai ao ar às 10h09, na Rede Globo.

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.