Isabella e Rachel Aguiar falam sobre “Carrossel” e carreira

Publicidade

0
Foto: Divulgação / Rony Aguiar

Vindas de uma família artística e bem talentosa, as irmãs Isabella e Rachel Aguiar estão realmente investindo bem em seus futuros como artistas. Com mais de 1 milhão no YouTube e cerca de 38 mil seguidores no Instagram, elas se dedicam em suas habilidades como atriz e cantoras, já tendo participado de novelas de grande sucesso como “Escrava Mãe” e “Velho Chico”.

No teatro elas assumiram o papel de Marcelina Guerra e Carmen Carrilho em “Carrossel – O Musical”, orginalmente interpretadas por Stefany Vaz e Ana Vitória Zimmermann na novela.

A versão teatral do sucesso infantil chegou a ser um grande sucesso entre todos os públicos – apesar do público-alvo. Foi um musical incrível que conseguiu conquistar o agrado de todas as idades dos 3 aos 80 anos, fazendo com que os mais velhos conseguissem recuperar a criança que eram e arrancar sorrisos de todas as crianças.

E o final dessa maravilhosa entrevista não podia ter sido diferente, pois a finalidade dessa arte toda, de todo esse talento é uma: fazer as pessoas felizes!

Vindas de uma família artística. Como é para vocês a experiência de trabalharem juntas como foi em “Carrossel – O Musical” e o canal no YouTube?

É ótimo estar juntas como em Carrossel, não é sempre que acontece, temos muitos trabalhos diferentes, mas pretendemos estar sempre juntas… (risos), exemplo disso é que amamos cantar juntas, é mágico!

Tendo interpretado Marcelina Guerra e Carmen Carrilho no teatro esse ano. Como foi ter a oportunidade de trazerem esses personagens da televisão para o teatro?

Foi incrível, eram nossas preferidas da novela. Um excelente laboratório, aprendemos muito: cantando, dançando e interpretando ao mesmo tempo.

Musical exige muito da atriz. A partir do momento que fomos escolhidas já começamos a estudar os personagens, e depois foi intenso os ensaios do musical! Mas nos demos bem, estamos acostumadas e nos divertimos muito!

Ativas nas redes sociais, chegando a bater mais de 1 milhão de visualizações no YouTube e mais de 38 mil seguidores no Instagram. Vocês acham que as redes sociais hoje em dia estão sendo importantes para vocês?

É o local onde nos encontramos com o público que gostam da gente, diariamente nos relacionamos lá, com os fãs, não é trabalho, é outro ambiente, sem roteiros, sem textos, é mais uma diversão, e exposição de nossas músicas, que amamos cantar, achamos que isto pode ajudar a fazer o dia de alguém melhor.

Já com experiências na televisão em “Escrava Mãe” e em “Velho Chico”. Qual é a principal diferença que vocês vêm na hora de interpretar para a televisão e para o teatro?

Sim, tudo diferente, e no teatro você já sente a reação do público na hora! Já estamos acostumadas ao teatro e plateia, por causa dos shows.

Em um musical infantil como foi o caso de “Carrossel – O Musical”. Como foi a experiência de vocês lá dentro?

Carrossel foi um Musical, para toda a família, que passava a mensagem do valor das amizades, e companheirismo, agradou a todos de 3 a 80 anos. Acho que resgatou a criança que vive em cada adulto!

Como e quando foi que vocês decidiram seguir carreira como artistas? Quem foi que teve iniciativa primeiro, Isabella ou Rachel?

Já cantávamos na igreja aos 5 anos, e aos 6 decidimos seguir a carreira nos inscrevendo no programa Idolos Kids. Pedimos a mamãe e ela nos apoiou.

Tendo na família diversos exemplos de artistas como o irmão e os próprios pais sendo músicos. Como foi a aceitação da família a partir do ponto em que vocês decidiram que iriam se dedicar a arte?

Sim, tivemos apoio sempre, mas foi algo natural, porque em casa tudo é música, tudo é arte, tudo é sketch, interpretação…. tudo doido! (risos). Em casa somos assim o tempo todo!

Para o futuro, vocês pensam em querer um dia procurar seguir outros caminhos?

Achamos que não, amamos o que fazemos, quem sabe, de repente ser apresentadoras de TV.

Deixem uma mensagem para finalizarmos!

A arte é algo que vem do coração, presente que nós temos para fazer as pessoas felizes!

Compartilhar
Aficionado pela área de entretenimento, já teve passagem por diversos projetos e tendo inclusive aos 17 anos recebido convite para seu primeiro estágio na Fazart Produções, no Rio de Janeiro. Como colunista, já passou por vários sites de entretenimento conhecidos na mídia brasileira, como o Almanaque Mídia e o Minuto Livre. Atualmente é entrevistador e colunista dos site Registro Pop e do N10 Entretenimento.

Deixe um comentário