Rei Davi, quarta-feira dia 18/11/2015: Saul se irrita com Eliabe

Publicidade

0

Resumo da novela Rei Davi, quarta-feira dia 18/11/2015 – Capítulo 03

Saul se irrita com Eliabe, que está a ponto de contar o segredo do irmão. Davi está muito tenso. Abner entra na tenda e interrompe Eliabe dizendo que o rei precisa ver algo urgente. Quando eles saem, Davi abre os olhos do irmão e diz que toda a sua família irá morrer se Eliabe contar que Samuel o ungiu rei. Eliabe cai em si, mas continua com raiva do irmão. Doegue cuida dos ferimentos de Allat, que está entre a vida e a morte. Saul, Jonatas e Abner em seus cavalos, observam um acampamento filisteu de longe. O rei ordena que todos se preparem para atacar ao amanhecer. Bate-Seba se perde em seus pensamentos lembrando-se de quando Davi a salvou. Jessé questiona Davi se ele não tem medo de acompanhar o rei nas batalhas mesmo sem ter segurado uma espada. Davi diz que confia na proteção de Deus. Jessé se impressiona com a coragem de Davi. Aquis, rei dos filisteus, está confiante da vitória ao lado de Golias. O exército marcha para a batalha. Merabe termina com Adriel, que fica sem entender nada. Doegue e Adriel se assustam com o tamanho de Golias. Jonatas chama todo o exército para entrar em formação de batalha. Doegue e Abner voltam para o acampamento a galope, quando avistam Rispa sendo arrastada por uma charrete. Eles a salvam e o egípcio consegue fugir. Rispa desmaia nos braços de Abner de tão fraca. Abner a observa apaixonado. Abner traz Rispa no colo. Ainoã fica furiosa e manda que a deixem morrer no deserto. Saul chega e diz que Rispa fica.

Aionã bufa e sai. Abner conta ao rei que as tropas inimigas estão em formação. Saul vai conferir e se espanta com o tamanho de Golias. Davi fica impressionado com a movimentação dos soldados. Mical observa Davi ao longe, não admite, mas gosta dele. Merabe percebe. Saul se irrita com a hesitação de seus homens perante Golias. Doegue, Abner e Adriel ficam sem graça. Os soldados já não têm certeza se Deus está ao lado de Saul. Rispa implora por água, mas Aionã nega e sai da tenda. Selima entra e ajuda Rispa. Davi encontra seus irmãos na formação de batalha e diz que vai levar as armas do rei. Eliabe empurra Davi, que se afasta, chateado. De repente, Davi ouve Golias, falando bem alto e forte. Ele desafia um homem a duelar com ele, quem sobreviver vence a guerra. Davi é o único que não demonstra medo. Ele ouve indignado. Saul oferece grandes riquezas, isenção de impostos e a mão de sua filha em casamento para o homem que derrotar Golias.

Eliabe caçoa mais uma vez de Davi, que se irrita e esbraveja sua indignação com a ousadia de Golias em desafiar o exército do Deus vivo. Jonatas conta a Saul que pede para ver Davi. O rei agradece as palavras encorajadoras do escudeiro. Davi se oferece para duelar com o gigante. Merabe e Mical são a recompensa oferecida por Saul para quem derrotar o gigante. Merabe, a filha mais velha, provavelmente será a escolhida. Saul oferece sua melhor armadura a Davi, mas fica muito grande e ele prefere lutar sem. Davi pega cinco pedras lisas, coloca em seu alforje e empunha sua funda. Aquis e Golias estão confiantes da vitória. Todos observam Davi indo em direção ao gigante. Todos acham suicídio, um absurdo. Golias não acredita no que vê. Davi e Golias frente a frente. Saul e seus soldados observam do lado israelita, Aquis e soldados filisteus do outro lado. Golias pega sua grande lança e atira em Davi com uma força estupenda. Davi se vê preso pelo seu alforje à lança fincada no chão. Davi, preso, olha para Golias vindo para cima dele. Ele tenta se soltar e não consegue.

Compartilhar

Deixe um comentário